noticias10 Seja bem vindo ao nosso site Rádio Lara FM 87,5 MHz!

Estadual

Apreensões alcançaram R$ 168,4 mi, 60,53% a mais do que em 2022 na Receita Federal de Maringá

Publicada em 01/02/24 às 05:58h - 44 visualizações

Rádio Lara FM 87,5 MHz


Compartilhe
Compartilhar a noticia Apreensões alcançaram R$ 168,4 mi, 60,53% a mais do que em 2022 na Receita Federal de Maringá  Compartilhar a noticia Apreensões alcançaram R$ 168,4 mi, 60,53% a mais do que em 2022 na Receita Federal de Maringá  Compartilhar a noticia Apreensões alcançaram R$ 168,4 mi, 60,53% a mais do que em 2022 na Receita Federal de Maringá

Link da Notícia:

Apreensões alcançaram R$ 168,4 mi, 60,53% a mais do que em 2022 na Receita Federal de Maringá
 (Foto: Rádio Lara FM 87,5 MHz)





A Receita Federal, na sua competência de vigilância e repressão aos crimes de contrabando e descaminho, apreendeu, durante o ano de 2023, nos 114 municípios da jurisdição da Delegacia de Maringá, R$ 168.455.604,00 em produtos estrangeiros porque foram introduzidos no país de forma irregular, sem o pagamento dos tributos devidos. As apreensões incluem as ocorrências atendidas na região de Campo Mourão.

 

As apreensões ocorreram em variadas operações de fiscalização efetuadas em transportadoras, centros de distribuição de encomendas, depósitos, rodoviárias, aeroportos, rodovias, lojas físicas atacadistas e varejistas, além do comércio digital.

 

O principal produto apreendido foi o cigarro, com 49,14% do valor total das apreensões. Em seguida aparecem os smartphones, com 12,67% do total, depois os eletrônicos, com 4,97%, seguidos dos medicamentos com 3,22% e os artigos de informática com 3,06% das apreensões.

 

Os veículos apreendidos porque transportavam as mercadorias irregulares, 405 unidades em 2023, representam 16,74% do valor total anual apreendido. Foram apreendidos, também, 4,2 toneladas de

Em 2023, a Receita Federal interceptou, ainda, 2,8 toneladas de maconha e 15kg de haxixe. Os entorpecentes foram encaminhados ao DENARC da Polícia Civil de Maringá.

 

Após a lavratura do Auto de Infração com a apreensão das mercadorias, o contribuinte pode apresentar, no prazo de 20 dias, se desejar, impugnação (defesa) administrativa, que é analisada pela área competente da Receita Federal. Se confirmada a apreensão, em até duas instâncias, as mercadorias podem ser, atendendo a legislação, vendidas em leilões públicos digitais dirigidos a pessoas físicas ou jurídicas, doadas a organizações da sociedade civil, incorporadas para uso da Administração Pública, ou, ainda, destruídas, observando-se o cuidado com o meio-ambiente na destinação dos resíduos.

 





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (44) 99847-1691

Visitas: 325649
Usuários Online: 91
Copyright (c) 2024 - Rádio Lara FM 87,5 MHz
Converse conosco pelo Whatsapp!