noticias862 Seja bem vindo ao nosso site Rádio Lara FM 87,5 MHz!

Regional

Agricultor que matou funcionário da Santa Casa, há quase oito anos, é condenado a 14 anos de prisão

Publicada em 01/03/24 às 06:45h - 51 visualizações

Ta sabendo


Compartilhe
Compartilhar a noticia Agricultor que matou funcionário da Santa Casa, há quase oito anos, é condenado a 14 anos de prisão  Compartilhar a noticia Agricultor que matou funcionário da Santa Casa, há quase oito anos, é condenado a 14 anos de prisão  Compartilhar a noticia Agricultor que matou funcionário da Santa Casa, há quase oito anos, é condenado a 14 anos de prisão

Link da Notícia:

Agricultor que matou funcionário da Santa Casa, há quase oito anos, é condenado a 14 anos de prisão
 (Foto: Ta sabendo)


O agricultor Hilderson Sambati, 56 anos, foi condenado a 14 anos e oito meses de prisão pela morte de Silvio Ribeiro da Silva, 46 anos, na época do crime, em abril de 2016. O julgamento ocorreu nessa quinta-feira, 29, no Fórum de Campo Mourão, e foi acompanhado por familiares tanto do réu quanto da vítima.

 

Apesar de condenado, e ser réu confesso de um crime passional, por motivo torpe, impossibilitando a defesa da vitima, o agricultor não ficará preso. O juiz concedeu a ele o direito de recorrer em liberdade.

 

O advogado de defesa, Márcio Berbet disse que vai recorrer da decisão. “Particularmente, para mim, a decisão foi contrária a prova dos autos. Acusação baseou-se tão somente no clamor público, ferindo as regras constitucionais e processuais penais. Recorrerei da decisão”, disse Berbet.

 

O crime

 

O crime ocorreu no dia 21 de abril de 2016, e foi motivado por ciúmes. A vítima, que trabalhava no hospital Santa Casa, há 26 anos, vinha mantendo um caso com a ex-companheira de Sambati, que decidiu se vingar.

 

Na manhã do dia escolhido para a vingança, ele armou-se com um revólver e esperou escondido atrás de uma árvore a vitima sair da casa da namorada. Assim que passou pelo local, Ribeiro levou um tiro pelas costas, acertando sua nuca. Ao cair, o atirador chegou e fez mais um disparo na cabeça da vítima que morreu no local.

 

O crime ocorreu no Jardim Parigot de Souza. Sambati teria usado uma vestimenta de cor escura e motocicleta preta. Como escapou do flagrante, ele nunca foi preso.

 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (44) 99847-1691

Visitas: 325656
Usuários Online: 65
Copyright (c) 2024 - Rádio Lara FM 87,5 MHz
Converse conosco pelo Whatsapp!